Água – Património de Moura: identificação de um concelho

A exposição “Água – Património de Moura: identificação de um concelho” foi inaugurada no novo edifício do Museu Municipal (antigo Matadouro), na quinta-feira, 30 de Julho, às 19 horas.

O certame foi inaugurado pelo presidente da Câmara Municipal de Moura, Santiago Macias, tendo a sessão sido aberta ao público.

Estão em exposição cerca de 80 peças de diversas proveniências, com destaque para os materiais arqueológicos e do Museu da Água Castello. As peças procuram dar uma visão abrangente dos diferentes tipos de uso da água.

O objectivo da exposição é valorizar o potencial da água no concelho de Moura, nas suas diversas componentes (consumo humano, agricultura, turismo), tomando como ponto de partida a excecionalidade da sua presença no ponto mais alto da cidade.

A exposição estará patente ao público de 30 de julho deste ano a 31 de maio de 2017 e durante este período será desenvolvido um programa de trabalho e de animação em torno da água.

Com a exposição “Água – Património de Moura: identificação de um concelho” a Câmara de Moura dá início à utilização do antigo Matadouro enquanto espaço do Museu Municipal.

A exposição está integrada no programa de promoção turística do concelho de Moura e representa um investimento de 91 mil euros, dos quais 60 por cento são comparticipados por fundos comunitários, através do Proder (Programa de Desenvolvimento Rural).

Na realização da exposição, pela Câmara Municipal de Moura, são entidades parceiras a Água Castello, a EDIA, os Bombeiros Voluntários de Moura, a ADASA (Associação de Defesa do Património Cultural e Ambiental de Santo Amador), a empresa Águas Públicas do Alentejo (AgdA), a Entidade Regional de Turismo, a Break – Momentos Fantásticos, a AlquevaTours, o Clube Mourense Amadores de Caça e Pesca Desportiva, o Clube H2O e o Jornal "A Planície".

image

“Aquedutos de Portugal”, exposição de fotografia de Pedro Inácio

“Aquedutos de Portugal” é o nome da exposição de fotografia de Pedro Inácio que estará patente no Museu Municipal de Moura (antigo Matadouro Municipal), entre 14 de janeiro e 17 de março.

As fotografias de Pedro Inácio retratam diversos aquedutos nacionais, testemunhando a importância dos mesmos enquanto herança cultural e obras de engenharia espetaculares que serviam para o transporte e abastecimento de água.

Desde 2011, a exposição, que conta com o apoio do Museu da Água e da EPAL – Empresa Portuguesa das Águas Livres, S.A., tem percorrido vários espaços nacionais e internacionais.

Pedro Inácio é museólogo e investigador na área do Património Cultural. Trabalha no Museu da Água da EPAL e é Vice-Presidente da APOM - Associação Portuguesa de Museologia. Iniciou a sua atividade fotográfica em 1984, tendo realizado, em 2005, a sua primeira exposição individual. Tem quatro livros editados, resultantes do seu trabalho de investigação patrimonial.

A exposição de fotografia “Aquedutos de Portugal” é inaugurada no sábado, 14 de janeiro, às 11:30, no Museu Municipal de Moura (antigo Matadouro Municipal).

entre 14 de janeiro e 17 de março, NO MUSEU MUNICIPAL

José Manuel Rodrigues expõe “Gotas de Água”

“Gotas de Água” é o título da exposição do conceituado fotógrafo José Manuel Rodrigues, que será inaugurada na próxima sexta-feira, 15, às 18:00, no Museu Municipal de Moura (ex-matadouro).

Cerca de duas dezenas de fotografias e três instalações compõem a exposição “Gotas de Água”, organizada propositadamente para ser apresentada em Moura. Sendo mais uma atividade de dinamização da exposição “Água – Património de Moura: identificação de um concelho”, também patente no Museu Municipal, a mostra tem como tema central a água.

José Manuel Rodrigues nasceu em 1951, em Lisboa. Entre 1969 e 1993 viveu em Paris e na Holanda, onde estudou fotografia. Atualmente reside e trabalha em Évora. Com inúmeras exposições individuais e com trabalhos publicados em diversos livros, monografias e catálogos, José Manuel Rodrigues tem a sua obra representada em várias coleções privadas e públicas. Tem lecionado fotografia em instituições e escolas nacionais e estrangeiras, sendo presentemente docente convidado na Universidade de Évora e no IADE-U (Instituto de Arte, Design e Empresa – Universitário), em Lisboa. Durante a sua carreira, reconhecida a nível nacional e internacional, o fotógrafo foi distinguido em Portugal, em 1999, com o Prémio Pessoa.

A exposição “Gotas de Água”, de José Manuel Rodrigues, ficará patente entre 15 de abril e 31 de julho, no Museu Municipal de Moura (ex-matadouro).

 

DE 15 DE ABRIL A 31 DE JULHO, NO MUSEU MUNICIPAL

img06
img03
img03
img03